terça-feira, 30 de outubro de 2018

'A Arte da Resistência': precisamos falar sobre valorização da arte

O que você achou? 

Platéia do teatro Valdemar de Oliveira estava lotada na tarde deste sábado (27).
Fundado em 2008, o Grupo de Teatro Ângela Fialho, recebe  atores profissionais e amadores, permitindo que façam parte dos seus espetáculos. A pernambucana Dany Brito é quem  escreve os textos e dirige os atores, além de  interpretar. 

No espetáculo "A Arte da Resistência", encenado no último sábado (27) no Teatro Valdemar de Oliveira, o público conheceu a  história de cinco artistas circenses.  


Uma bailarina junto com uma ilusionista e seus outros três amigos, uma acrobata, um palhaço e um malabarista, que fugiram do circo por estarem cansados dos maus tratos. A rua é o cenário da peça, os personagens passam frio, fome, não têm onde dormir além de tornarem-se vítimas do preconceito da população.

Juntos, os cinco artistas criam o seu próprio circo e cada um explora o seu dom, valorizando a sua arte de maneira particular.

Com texto simples e cenas de fácil entendimento, na plateia muitas crianças ficaram encantadas com a dança da bailarina e soltaram gargalhadas com as brincadeiras do palhaço.

A peça nos deixa uma reflexão sobre a realidade artística atual: nós valorizamos nossos artistas? Sabemos encarar a arte como profissão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário