quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Reggae entrou para a lista de Patrimônio Imaterial da Unesco

O que você achou? 

Criado na Jamaica no final dos anos 1960, o estilo tem Bob Marley como um dos representantes principais.

Nesta quinta-feira (29), o Reggae entrou para a lista de Patrimônio Imaterial da Unesco. O estilo musical foi criado na Jamaica nos anos 60 e vários grupos se identificaram.

Por meio da conta oficial no Twitter, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura-UNESCO divulgou a notícia de que o Reggae foi inscrito na lista.



São consideradas Patrimônio cultural e imaterial "expressões e tradições que comunidades, grupos e indivíduos em todas as partes do mundo recebem de seus ancestrais e passam seus conhecimentos a seus descendentes."

Um estilo que prega a paz e a igualdade entre os povos, símbolo de protesto e busca pela liberdade, o reggae iniciou como o ritmo dos excluídos.

Bob Marley foi nomeado como o rei do Reggae. O guitarrista, cantor e compositor jamaicano foi um dos principais responsáveis por tornar o estilo conhecido mundialmente.

Com uma enorme discografia, fazem sucesso até hoje as músicas “No Woman no Cry”, “I Shot the Sheriff”, “Could you be Love” e “Get up, Stand up”, verdadeiras marcas da carreira do músico.

Adepto do movimento religioso Rastafari, Bob Marley faleceu aos 36 anos, vitima de câncer de pele. Seus filhos, Damian, Julian e David também seguiram a carreira artística e tornaram-se músicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário