quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Janeiro de Grandes Espetáculos começa nesta quarta-feira (08)

O que você achou? 

Evento terá início com homenagem a Capiba; O pernambucano Geraldo Maia realizará o show “Noites Sem Fim”.


O 26º Janeiro de Grandes Espetáculos terá início nesta quarta-feira (8), a partir das 19h30, no Teatro de Santa Isabel.

O show “Noites Sem Fim”, do pernambucano Geraldo Maia, homenageará Capiba compositor das valsas, sambas, guarânias e maracatus mais do que o Capiba dos frevos. 



Arilson Lopes intercala o repertório musical com a declamação de poemas de Carlos Pena Filho e Ascenso Ferreira, dois grandes parceiros de Capiba. 

Ingressos estão à venda por R$ 40 e R$ 20. Recurso de audiodescrição e tradução em Libras será utilizado durante o show.


O repertório de "Noites Sem Fim" traz clássicos como "Recife, Cidade Lendária", "Serenata Suburbana", "Verde Mar de Navegar", "A Mesma Rosa Amarela" , "Sem Pressa de Chegar" dentre outros.


Antes do show, a Apacepe (Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco), realizadora do evento, recebe no palco os cinco homenageados desta edição do JGE: o ator e diretor Zé Manoel (categoria Teatro), Joca (categoria Técnica), o maestro Edson Rodrigues (Música), a bailarina e coreógrafa Cecília Brennand (Dança) e a Família Marinho (Poesia). 

O evento – O mês de janeiro é sinônimo de arte, cultura e grandes espetáculos em Pernambuco há mais de 20 anos. Considerado o maior festival de artes cênicas e música do Estado, em 2020 o Janeiro de Grandes Espetáculos ocupa  teatros do Recife, entre 8 de janeiro e 3 de fevereiro, com mais de 90 atrações de teatro, dança e música.

 A programação do Janeiro de Grandes Espetáculos está disponível no site oficial do evento. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente através do site Sympla e nos shoppings Recife, RioMar e Tacaruna – alguns eventos têm entrada franca ou bilhetes trocados por 1 kg de alimento.

A produção artística pernambucana responde por grande parte da programação. Além de companhias e artistas da Bahia, Paraíba, São Paulo e Rio Grande do Sul. Da China, Eslováquia e de Portugal, virão quatro espetáculos. 

Oito teatros da capital vão virar palco para o JGE: Santa Isabel, Apolo, Arraial, Barreto Júnior, Boa Vista, Hermilo Borba Filho, Luiz Mendonça, Marco Camarotti.

 Algumas montagens serão apresentadas nos espaços alternativos Casa Maravilhas, Manhattan Café Teatro, Sesc Casa Amarela e Espaço Fiandeiros, que também recebem oficina, exibição de documentário e palestra.

 Além da capital, seis cidades integram o Janeiro. Em parceria com o Sesc, os municípios de Caruaru (Teatro Rui Limeira Rosal), Garanhuns (Teatro Reinaldo de Oliveira), Goiana (Igreja Matriz de Nossa Sra. do Rosário) e Jaboatão dos Guararapes (Teatro Samuel Campelo). Camaragibe (Casarão de Maria Amazonas) e Serra Talhada (Espaço Cabras de Lampião) também abrem as cortinas para o festival.

Em 2020, o festival volta a premiar os melhores espetáculos pernambucanos que estiveram em cena. Após um hiato de dois anos, a premiação ganha nome e sobrenome: Prêmio Copergás de Teatro, Dança e Música de Pernambuco.

SERVIÇO


Dia 8 de janeiro (quarta), às 19h30
Local: Teatro de Santa Isabel: Praça da República, s/n, Santo Antônio, Recife
Ingressos: entre R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), 
à venda no site Sympla e quiosques da Ticket Folia (shoppings Recife, RioMar e Tacaruna). Na bilheteria dos teatro, à venda duas horas antes da sessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário